Notícias

Adventistas realizam reuniões evangelísticas na região do Sudão afetada pela guerra

Adventistas realizam reuniões evangelísticas na região do Sudão afetada pela guerra

A Igreja Adventista tem realizado reuniões perto de Juba, Sudão, sobre os conceitos bíblico e temas de vida saudável  como parte do plano da iniciativa da Igreja Adventista a nível mundial neste ano de evangelismo, como se estabeleceu 2009. A região tem experimentado um grande aumento do fluxo de refugiados em retorno.

Dirigentes da Igreja buscam alcançar os refugiados que retornam

February 17, 2009 | Juba, Sudan | Paul Clee/ANN staff

Os membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia recentemente realizaram reuniões evangelísticas na região sul do Sudão, uma área que experimenta grande influxo de pessoas deslocadas que retornam a seus lares após 20 anos de guerra.

 

As reuniões tratam de conceitos bíblicos e seminários sobre o viver saudável e foram realizadas perto da cidade de Juba como parte da iniciativa da Igreja Adventista de tornar o ano de 2009 como o ano de evangelismo.

 

Em 2005, as regiões norte e sul do Sudão assinaram um tratado de paz terminando duas décadas de guerra entre os muçulmanos do norte, e os cristãos no sul. Os refugiados estão ainda retornando à região quatro anos depois.

 

A despeito de problemas vários, inclusive tempestades de areia, enchentes e quebra de equipamentos, as reuniões foram bem frequentadas, dizem líderes denominacionais.

 

Cerca de 1.000 crianças sudanesas assistiram às reuniões diárias organizadas segundo seus grupos etários específicos.

 

Sessenta membros da Igreja continuarão realizando reuniões evangelísticas na região de Juba, bem como em suas áreas de origem, durante o próximo ano. Três novas igrejas  adventistas foram também plantadas na região, levando o total para o Sul do Sudão para 19. a população do Sudão é de mais de 40 milhões de pessoas, das quais 14.000 são adventistas do sétimo dia.

Voltar para a lista