Notícias

América do Sul enviará quatro pastores para o Médio Oriente

Share |
América do Sul enviará quatro pastores para o Médio Oriente

Homer Trecartin, presidente da recém-formada União do Oriente Médio, fala durante reunião de Fim de Ano da Divisão Sul-Americana no mês passado sobre as necessidades da região. Oficiais na América do Sul, em seguida, decidiram dedicar quatro de seus próprios orçamentos de Funcionários Inter-Divisão para a região.

Movimento é 'marco'; como voluntários irão para denominação 'prioridade mundial'

December 15, 2011 | Silver Spring, Maryland, United States | Ansel Oliver/ANN

A Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia votou no mês passado enviar quatro pastores da denominação à recém-criada União do Grande Médio Oriente, uma ação que simboliza como a divisão está agora a dar assistência, mais do que a receber.



Oficiais da Igreja disseram que a medida é um marco, depois de a região tem recebido ajuda por mais de um século.

"Eles dobraram a esquina", disse Homer Trecartin, presidente da União do Grande Oriente Médio e ex-subsecretário da Igreja a nível mundial. "Muitos anos atrás, as pessoas de outras partes do mundo arriscaram suas vidas e alguns deram suas vidas para ajudar o povo da América do Sul. Agora eles sentem que é o seu tempo de fazer o mesmo para outras partes do mundo, começando com quatro dos seus melhores pastores”.

A Divisão Sul-Americana dedicará empréstimo de quatro orçamentos de funcionários Inter-Divisão para financiar os pastores servindo no Oriente Médio. A Divisão irá reavaliar o programa depois de três anos.

A denominação estabeleceu a União do Grande Oriente Médio no mês passado, com oficiais considerando a região uma "prioridade mundial".

Trecartin disse que espera que outras divisões do mundo sigam o exemplo da América do Sul. Esse compromisso da DSA também fortalecerá a Igreja no seu próprio território. "Eles sabem que, quando obreiros vão para outras partes do mundo e voltam para casa trazem de volta uma cosmovisão diferente", disse ele. "A Igreja na América do Sul será mais forte e eles vão ajudar a preparar os líderes para a Igreja em todo o mundo".

O Secretário Executivo da Divisão Sul-Americana, Magdiel Perez Schulz, disse que os  administradores ainda estão decidindo sobre os quatro pastores, entre nove candidatos. Schulz disse que cada candidato fala inglês bem e além da formação teológica têm experiência profissional em liderança administrativa, música ou ministério intercultural.

Schulz disse que cada um dos quatro pastores terá que enviar um breve relatório e fotos a cada poucas semanas, que depois serão enviados por email cada um dos 3.900 pastores da Divisão. Ele disse que espera que isso irá inspirar a Divisão a conceder apoio para o Oriente Médio, incluindo voluntários e suprimentos adicionais.

"Estamos muito felizes de poder ajudar a Igreja a nível mundial, desta forma", disse Schulz.

A sede da União do Grande Oriente Médio está localizada em Beirute, Líbano.

Voltar para a lista