Notícias

Comunidade de agricultores e pescadores de Mianmar se benefíciam com a primeira exposição de saúde da Igreja Adventista

Share |
Comunidade de agricultores e pescadores de Mianmar se benefíciam com a primeira exposição de saúde da Igreja Adventista

Um voluntário dos Ministérios Adventistas da Saúde faz uma leitura da pressão arterial durante a primeira exposição de saúde patrocinada pela Igreja Adventista em Mianmar, na região do Delta do Irrawaddy este mês. Os voluntários descobriram que menos da metade dos membros da comunidade com diagnóstico de hipertensão sabe como tratar a condição. [foto: ADRA Mianmar]

Site do ciclone Nargis agora vê os projetos de desenvolvimento ADRA, a educação de bem-estar

January 24, 2012 | Labutta, Delta, Myanmar | Maung Maung Myo Chan/ANN staff

Membros da comunidade de agricultores e pescadores do sul de Mianmar estão aprendendo a prevenir e tratar a hipertensão, diabetes e outras doenças.

A exposição de saúde de quatro dias realizada pelos Ministérios de Saúde da Igreja e pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) em Mianmar recentemente atraiu mais de 1.500 pessoas e foi a primeira vez que se realiza tal programação pela Igreja Adventista na região do Delta do Irrawaddy.

Oficiais da Igreja ali relataram que o esforço valeu a pena e membros da comunidade se reuniram para ouvir palestras de saúde e receber gratuitamente exames médicos e consultas. A equipe descobriu que conquanto 60 por cento dos rastreados tinham sido diagnosticados com hipertensão, poucos entendiam o que é pressão arterial elevada ou sabiam como tratá-la.

As autoridades locais, que de início estavam relutantes em deixar a Igreja realizar uma exposição de saúde, mudaram de idéia depois de observar os membros da comunidade saindo com novos conhecimentos sobre saúde e estilo de vida, disseram líderes da Igreja.

"[As autoridades] começaram a entender o programa", disse o Dr. Htwe Lay, diretor de Ministérios Adventistas de Saúde de Mianmar. "Não só apoiaram totalmente o programa de saúde como também nos pediram para fazer o mesmo em outras áreas vizinhas no futuro".

Composta por quase 700 aldeias, a região Labutta de Mianmar foi a região do país mais atingida quando o ciclone Nargis desabou ali em 2008. A ADRA Mianmar tem sido ativa na região desde então com a implementação de projetos de reabilitação e desenvolvimento e respondendo às preocupações de saúde, meios de vida, higiene da água, saneamento e segurança alimentar.


A região é em grande parte budista, mas os líderes da Igreja esperam que o esforço centralizado em saúde encontre eco na comunidade. Lay disse que espera que "a mensagem adventista seja propagada ali através da mensagem de saúde".

Voltar para a lista