Notícias

Jovens músicos adventistas mortos em acidente na Moldávia

Jovens músicos adventistas mortos em acidente na Moldávia

Cerca de 1.500 pessoas compareceram ao funeral de vários jovens músicos adventistas em 1o de junho em Ivanovca Noua na Moldávia. [foto de cortesia da ESD]

1.500 prestam honras finais no funeral

June 08, 2012 | Kishinev, Moldova | Elena Katova/ESD with Adventist World staff

Três adventistas do sétimo dia da Moldávia, juntamente com outro jovem músico, estavam entre os mortos no dia 1o. de junho, quando o microônibus em que viajavam colidiu com um caminhão-tanque numa estrada rural. O motorista do caminhão também morreu.

Entre os falecidos estão Tatiana Catana e Viorica Ciobanu, dois jovens músicos; Olga Jentimir, esposa de um dos músicos e mãe de outro músico. Seu filho, Andrei Jentimir, também era um dos passageiros do microônibus e sofreu uma fratura na perna e braço, entre outras lesões. A tragédia também tirou a vida de Artur Barba, de 12 anos de idade, que não era adventista, mas tocava na orquestra.

As vítimas eram da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Ivanovca Noua, Moldávia, e estavam retornando de um funeral que foi realizado na cidade de Laloveni.

Em 5 de junho, 1.500 pessoas se reuniram na capela adventista em Ivanovca Noua para expressar seus respeitos finais àqueles que pereceram. Músicos da aldeia adjacente de  Singerei Noi também homenagearam as vítimas.

Uma equipe de resgate e oito carros de emergência chegaram ao local do acidente e transportaram onze músicos feridos para o hospital. Quatro deles permanecem em estado muito grave dias após o acidente. A Moldávia inteira ficou surpresa com a gravidade do acidente, e a imprensa deu muitos detalhes do acidente por vários dias.

A República da Moldávia é uma nação não banhada por mar localizada na Europa Oriental, entre a Romênia, a oeste, e a Ucrânia, ao norte, leste e sul. O país tem uma população estimada em 4,1 milhões de habitantes, e de acordo com as estatísticas mundiais da Igreja, há cerca de 10.700 adventistas do sétimo dia que adoram em mais de 150 congregações em todo o país.

Voltar para a lista