Notícias

Em Memória: Descansa Ludescher, presidente da Divisão Euro-Africana da denominação

Share |
Em Memória: Descansa Ludescher, presidente da Divisão Euro-Africana da denominação

Edwin Ludescher, de 84, durante décadas serviu como presidente da Divisão Euro-Africana da Igreja Adventista, faleceu em 11 de junho. [foto de cortesia EUD]

Atuou como líder de 1975-1994; missionário de longa data na África

June 24, 2012 | Berne, Switzerland | EUD News/ANN staff

Durante o seu mandato, Ludescher foi uma instrumentalidade em negociações com líderes políticos para melhorar a situação dos membros da Igreja que viviam nos países então comunistas da Europa Oriental. Colegas lembram que seus esforços ajudaram os adventistas isolados a se sentirem ligados à Igreja a nível mundial.

Ludescher também foi um forte defensor da educação. Sob sua liderança, a Divisão Euro-Africana estabeleceu um programa abrangendo toda a região a fim de que os administradores denominacionais obtivessem graus avançados em seminários da Igreja.

O atual presidente da Divisão, Bruno Vertallier, disse que Ludescher tinha "inspirado muitas pessoas, como pastor, missionário e presidente. A Igreja honra este homem de Deus".

O ex-presidente da Divisão, Ulrick Frikart, e colega de longa data de Ludescher, disse: "Um grande homem no sentido mais nobre da palavra acaba de nos deixar. Ele marcou a vida de milhares de pessoas na Europa e na África. Por seus talentos administrativos, o seu amor e visão para a Igreja, e especialmente sua fé profunda e equilibrada, Edwin Ludescher deixou-nos marcas duradouras".

O ministério de Ludescher começou em 1948 como pastor de jovens na Áustria, onde conheceu Gerda, que mais tarde se tornaria sua esposa. Em 1954, ele serviu como preceptor dos rapazes no Seminário Teológico Collonges na França por dois anos.

Em 1956 recebeu um chamado para atuar como missionário em Camarões, na África, onde ele e sua família viveram por quase 10 anos. Em 1968, Ludescher foi designado como diretor da Missão Equatorial Africana, da IASD. Eliseo Cupertino, um missionário e amigo próximo de Ludescher durante a época disse: "Um grande progresso foi feito sob a sua direção . . . tanto em termos de desenvolvimento de novas atividades em novos territórios como em termos de desenvolvimento de novas instituições".

Em 1975, durante a Assembleia da Associação Geral, realizada em Viena, Ludescher foi eleito presidente da Divisão Euro-Africana, que liderou até sua aposentadoria em 1994.

Ludescher foi precedido na morte por sua esposa Gerda em 2010. Ele deixa dois filhos -- Jurgen e Gerd -- com suas esposas e filhos. Um culto memorial está previsto para a sexta-feira, 29 de junho, às 14:00 horas na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Berna, na Suíça.

Voltar para a lista