Notícias

Nova faculdade de Medicina adventista no Peru é a quinta da denominação

Nova faculdade de Medicina adventista no Peru é a quinta da denominação

Estudantes da faculdade de Medicina fazem fila na plataforma para aperto de mão com administradores durante a inauguração de hoje, da Faculdade de Medicina Humana da Universidade da União Peruana, em Lima. [Fotos por Rosmery Sanchez]

Escola servirá ao noroeste da América do Sul; nativo do Peru é o reitor-fundador

September 20, 2012 | Silver Spring, Maryland, United States | Ansel Oliver/ANN

A Igreja Adventista do Sétimo Dia inaugurou hoje uma faculdade de Medicina no Peru, sendo a primeira faculdade adventista de Medicina na região noroeste da América do Sul.



Os líderes da Igreja disseram que a Faculdade de Medicina Humana da Universidade da União Peruana, em Lima, expande a capacidade da Igreja para o ministério de saúde no Peru e países de língua espanhola próximos, uma área com grande demanda por médicos adventistas.

Na cerimônia de inauguração hoje, oficiais da Igreja elogiaram a visão de líderes locais e expatriados peruanos que retornaram nos últimos anos para ajudar a estabelecer a instituição.

"Uma faculdade de Medicina sempre foi uma necessidade, no Peru, e hoje esse sonho tornou-se realidade porque a Universidade da União Peruana sonhou com isso", declarou na cerimônia desta manhã o Pr. Erton Kohler, presidente da Divisão Sul-Americana, da denominação adventista.

O reitor fundador, Dr. Carlos Alfonso Balarezo, é um cidadão peruano que atuou como chefe de cirurgia no Centro Médico Regional do Condado de Riverside, em Riverside, Califórnia, EUA, e como um professor-associado de Cirurgia da Escola de Medicina da Universidade Loma Linda, que fica próxima. Ele também detém o título de Mestre em Cirurgia peruana, uma distinção atribuída pela Sociedade Cirúrgica Peruana com apenas três pessoas tendo tal distinção.

Balarezo disse que deixou os Estados Unidos há cinco anos para integrar a equipe que criou a escola. "É uma tremenda oportunidade para ajudar a moldar esses alunos", Balarezo disse numa entrevista. "Como na [Universidade] Loma Linda, queremos dar muita ênfase no cuidado preventivo. Isso vai nos diferenciar de outras escolas médicas daqui".

O currículo da escola é de sete anos, num programa de pós-secundário. As aulas realmente começaram no mês passado com 80 alunos. Os funcionários da escola afirmam que o programa continuará com cerca de 60 alunos cada ano.



O Peru é mal servido por médicos em comparação com o resto do mundo. O país tem nove médicos por 10.000 pessoas, segundo a Organização Mundial de Saúde. A média mundial é de 14.

No campus nesta manhã, a estudante Flor Cari disse: "É maravilhoso ter agora este programa, que irá nos preparar para servir aqueles que têm precisado de nós por tanto tempo".

Os líderes da Igreja disseram que a escola tem uma forte base adventista, no Peru, um país com uma das maiores proporções de membros da Igreja Adventista. Há mais de 410 mil membros da Igreja no país, que tem uma população de aproximadamente 17 milhões. Cerca de 60 escolas adventistas secundárias têm matrícula total de cerca de 10.000 estudantes.
 
Autoridades disseram que a nova faculdade também atrairá estudantes de países vizinhos, como Bolívia, Colômbia, Equador e Brasil.

O Dr. Allan Handysides, diretor de Ministérios de Saúde da Igreja Adventista a nível mundial, disse que espera que a escola prospere em vista do extenso planejamento por oficiais da instituição ao longo dos cinco anos anteriores. "Creio que vai ser um grande sucesso, porque foram extremamente focado em seguir em cada pormenor as recomendações do departamento de Educação [da Igreja Adventista a nível mundial]", declarou Handysides.


 
A nova escola é a quinta faculdade médica da Igreja Adventista a nível mundial. A inauguração de hoje ocorre três meses após ter sido inaugurada a Escola de Medicina S. Benjamin Carson Sr., ligada à Universidade Babcock, na Nigéria, também administrada pela denominação.

A Igreja Adventista também opera escolas de medicina em universidades adventistas em Montemorelos, México, Entre Rios, Argentina, sendo o seu carro-chefe a faculdade em Loma Linda, Califórnia, Estados Unidos.

Digentes educacionais adventistas informam que uma sexta Faculdade de Medicina está sendo desenvolvida nas Filipinas.

Vários oficiais adventistas têm elogiado os líderes no Peru por sua colaboração com outras instituições denominacionais para ajudar a construir a escola ao longo dos últimos cinco anos. Lisa Beardsley-Hardy, diretora de Educação Adventista, a nível mundial, disse que os administradores e oficiais da IASD coordenaram esforços com instituições adventistas de saúde e hospitais da comunidade para estabelecer a capacidade de treinamento da nova instituição.

"Há um enorme espírito de equipe de apoio à faculdade de Medicina", comentou Beardsley-Hardy. "Isso significa muito para o ministério da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Peru".

-- Reportagem adicional de por Angela Brown

Voltar para a lista