Notícias

Ferreira atuará como diretor-associado de Ministérios da Saúde da Igreja Adventista a nível mundial

Share |
Ferreira atuará como diretor-associado de Ministérios da Saúde da Igreja Adventista a nível mundial

Dr. Viriato Ferreira servirá como diretor-associado de Ministérios da Saúde da Igreja Adventista a nível mundial começando em expediente parcial, em outubro. Ferreira atualmente supervisiona os ministérios da saúde para a Divisão Inter-Europeia da Igreja, onde tem enfatizado o evangelismo de saúde integral. [foto de cortesia da EUD]

Médico português foi missionário na Namíbia; ‘ministério de cura de Jesus’ um esforço global, diz ele

July 29, 2013 | Silver Spring, Maryland, United States | ANN staff

O Dr. Viriato Ferreira, médico e líder de ministério de saúde, aceitou um chamado na semana passada para servir como diretor-associado de Ministérios da Saúde, na sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Ferreira, de 47 anos, cidadão português, atualmente supervisiona os Ministérios da Saúde da Divisão Inter-Europeia da Igreja (EUD), sediada em Berna, Suíça. Ele também atua como presidente e médico da Associação Portuguesa de Medicina Preventiva, em Lisboa, Portugal.

Em sua nova posição, Ferreira vai substituir o ex-diretor associado, Dr. Peter Landless, que atuou como diretor eleito do departamento desde que o Dr. Allan Handysides aunciou a sua aposentadoria em abril.

“Estou ansioso por aprender e ser inspirado pela liderança do departamento de Ministérios da Saúde, e pela experiência e sabedoria dos membros da Igreja em todo o mundo, à medida que avançamos no serviço do Senhor”, disse Ferreira.

Ferreira traz uma ampla gama de experiência e habilidades para o cargo, disse Landless, bem como “um profundo compromisso com o Senhor. Nós esperamos que ele se ajuste bem na função segundo a Igreja continue sua ênfase numa filosofia holística do ministério da saúde e amplie ainda mais este ministério precioso”. Os líderes adventistas de saúde estão planejando revelar uma iniciativa abrangente dos ministérios da saúde numa reunião administrativa da Igreja em outubro.
 
“Eu sei que Viriato vai trazer dedicação e energia a esta iniciativa”, disse Landless. Ferreira passou sua infância perto do Hospital Missionário do Bongo da Igreja Adventista em Angola, país do sul africano, onde ele diz que a dedicação altruísta de médicos missionários causaram-lhe profundo impacto. Depois de completar sua formação médica na África do Sul e se casar com Marianne Raitt, o casal ajudou a estabelecer o trabalho missionário entre o povo Himba numa área remota da Namíbia.

Em 2003, Ferreira começou a supervisionar os Ministérios da Saúde da União Portuguesa de Igrejas, da IASD. Quatro anos mais tarde, ele aceitou um convite para atuar como diretor de Ministérios da Saúde da Divisão. Nesse papel, ele organizou uma iniciativa de exposição de saúde na Europa que tem atraído milhares de pessoas de comunidades na maior parte seculares. Ele também é co-fundador e diretor do projeto de um centro de estilo de vida ainda em desenvolvimento em Portugal. Em 2009, ajudou a organizar a Conferência Global sobre Saúde e Estilo de Vida em Genebra e em maio presidiu a comissão diretora da Conferência Europeia de Saúde em Praga.

Ferreira diz que é apaixonado quanto a seguir o exemplo de Cristo de evangelização, atendendo às necessidades práticas antes das espirituais. “O método de Jesus é verdadeiramente incomparável em afetar positivamente a vida de outros e dar um sentido à nossa própria”, disse ele. “Este método só pode ser genuinamente seguido quando estamos cheios do amor de Deus. Isso é verdade se trabalha num hospital altamente sofisticado e tecnológico, ou numa clínica ou centro de bem-estar humilde”.

Ferreira e sua esposa, também médica, têm três filhos. “A família será um grande trunfo para os Ministérios da Saúde e da Igreja Adventista a nível mundial”, disse Landless.

Ferreira deve integrar-se à posição inicialmente em tempo parcial em outubro, vindo a trabalhar em tempo integral até o início do próximo ano, na dependência de encontrar um substituto para o seu cargo atual, explicou Landless.

Voltar para a lista