Notícias

Adventistas promovem uma vida melhor para moradores de Taiwan

Adventistas promovem uma vida melhor para moradores de Taiwan

Jane Lin, diretora-executiva da Fundação Adventista de Taiwan, exibe um "Kit de Feliz Artesanato" fornecido pela instituição assistencial para alunos de algumas das menores escolas primárias da ilha. [fotos: Mark A. Kellner / AR]

Fundação Adventista de Taiwan impacta pequenos agricultores, estudantes e comunidades carentes

September 09, 2013 | Jeju Island, Korea | Mark A. Kellner, Adventist Review

Embora Taiwan seja vista por muitos como um centro de prosperidade global--a ilha sedia grandes nomes empresariais como ASUS, Acer e Eva Air, entre outros--há bolsões de pobreza, sofrimento e desvantagem esperando o toque de compaixão que uma mão cristã pode trazer.



Lin é diretora-executiva da Fundação Adventista de Taiwan, uma instituição assistencial registrada que opera na ilha e alcança as populações mais carentes, incluindo os agricultores nativos, muitas vezes explorados por grandes empresas agrícolas que compram os seus produtos; os alunos de escolas primárias com menos de 28 alunos, e os pobres de Taiwan, cujas casas estão, por vezes, em grande ruína.

"Nossa visão é motivar e capacitar as pessoas na sociedade de Taiwan para a vida uma vida mais saudável", disse Lin, recitando o credo do grupo. Isso é feito por meio de projetos de patrocínio destinados a ajudar os necessitados.

"Deus tem nos abençoado muito", disse Lin, relembrando seu primeiro ano na fundação.

Para os agricultores, isso significa ajudá-los a alcançar os consumidores diretamente em mercados ao ar livre, e incentivá-los a cultivar produtos orgânicos. Isto "cria outro mercado" para os agricultores, que, ela comenta, muitas vezes são "explorados" ao venderem para os grandes corporações. "Se os agricultores recebem melhor remuneração" para as suas culturas, ela explicou, "isso significa uma melhor qualidade de vida”. E contou que o grupo também está ajudando os agricultores a postar fotos de suas plantações no Pinterest, rede social baseada em Internet, para ajudar a criar demanda para esses bens.

Embora o sistema educacional de Taiwan seja altamente considerado, alguns alunos ali--como em outras partes do mundo, incluindo os Estados Unidos--têm menos recursos do que os seus homólogos em escolas maiores. Para ajudar esses estudantes, a Fundação Adventista de Taiwan fornece um "Kit de Artesanato Feliz" de várias peças de lã colorida. Estas são, então, transformadas em pequenas montanhas-russas, dando aos alunos um tipo diferente de arte, e uma sensação de ter feito algo com suas próprias mãos.



"Se as crianças gostam de usar as mãos para fazer alguma coisa, vão usar suas mãos para cuidar de outros mais tarde na vida", argumentou Lin.

E para aqueles em más condições de vida, a Fundação Adventista de Taiwan utiliza trabalho voluntário para ajudar a limpar, reparar e até mesmo reconstruir habitações onde for necessário. "Ninguém os ajuda, e ninguém se importa", disse Lin a respeito dessas pessoas pobres. Outras instituições de caridade estão começando a chamar a Fundação Adventista de Taiwan, pedindo para ajudar famílias em necessidade.

Às vezes, disse Lin, tudo o que é necessário é uma faxina simples e instrução na administração doméstica, algo que pode ter sido negligenciado. "A meta é contribuir para que as casas das pessoas tenham funções básicas, segurança e limpeza", ela comentou.

Grande parte do financiamento para a Fundação Adventista de Taiwan vem da Divisão Ásia-Pacífico Norte. A mesa administrativa do grupo é presidida por Stanley Ng Wai Chun, assistente do presidente da Divisão Ásia-Pacífico para assuntos chineses. Mas o grupo aceita fundos de fora e espera tornar-se auto-suficiente, Lin disse, indicando que esperam ter meios para aceitar doações com cartão de crédito em breve. Mais informações sobre o grupo podem ser encontradas on-line em www.twaf.org.tw.

Voltar para a lista