Notícias

Para a família do médico adventista desaparecido, culto em abril pode trazer sentimento de encerramento do caso

Share |
Para a família do médico adventista desaparecido, culto em abril pode trazer sentimento de encerramento do caso

O profissional de saúde adventista, Dr. Jay Sloop, foi visto pela última vez em 15 de maio de 2013, quando uma câmera de segurança mostrou-o entrando, mas não saindo, do Parque Zamkova Gora, de Kiev, capital da Ucrânia, durante um passeio matinal. Na foto, autoridades e voluntários vasculham o parque. [foto de cortesia ESD]

Sloop desapareceu na Ucrânia, em maio de 2013; ainda não há pistas a respeito

February 25, 2014 | Silver Spring, Maryland, Estados Unidos | ANN staff

A família de um médico adventista do sétimo dia americano, que desapareceu na Ucrânia há nove meses, vai realizar um culto em abril, para celebrar a sua vida.

O Dr. Jay Sloop, um obstetra aposentado que atuava como diretor de Ministérios de Saúde para a Associação da Alta Columbia, da denominação, estava ajudando líderes da Igreja em Kiev a estabelecer um centro de estilo de vida na capital da Ucrânia, quando desapareceu durante um passeio matinal no Parque Zamkova Gora.

Sloop, de 77 anos, foi visto pela última vez em 15 de maio de 2013. Uma câmera de segurança mostrou-o entrando no parque, no centro de Kiev, mas não saindo. Nenhuma pista substancial surgiu no caso, a despeito de intensas buscar e uma investigação em progresso pela polícia ucraniana e pela embaixada dos EUA em Kiev.

“Sabemos pouco mais do que poucas horas após o desaparecimento inicial de papai”, disse o filho Greg Sloop num blog que montou para manter amigos e familiares informados sobre as investigações.

Embora a busca ativa haja terminado em setembro, a família continua a acompanhar com contatos na Ucrânia e mantém uma linha direta, onde as pessoas podem relatar informações, disse ele. 

Num post no blog em 12 de fevereiro, Sloop ressaltou a ambiguidade da situação e disse que o culto não é motivo para especular mais sobre o estado do Dr. Sloop. “Não importa no que você possa acreditar, ficamos sem pai em nossas vidas agora. Gostaríamos de ter tempo para lembrar-nos de quem ele é e foi, das coisas que eram importantes para ele, e relembrar sobre o tempo que passou com a gente”, escreveu Sloop. 

O culto de 26 de abril vai “ser um bom momento para criar uma pequena sensação de encerramento para todos os envolvidos”, outro filho , Richard Sloop , disse à 'Yakima Herald'.

Detalhes sobre o culto podem ser encontradas em sloop.net/wordpress.

Voltar para a lista