Notícias

Projetos criativos de evangelização são destaque no Concilio Sobre Evangelismo e Testemunho

Projetos criativos de evangelização são destaque no Concilio Sobre Evangelismo e Testemunho

O Dr. Peter Landless, à esquerda, diretor de Ministérios de Saúde da Igreja Adventista a nível mundial, e Mark Finley, assistente do presidente, introduzem o livro oficial para distribuição da Igreja Adventista para 2015, “Saúde e Bem-Estar: segredos que irão mudar a sua vida”. Os co-editores fizeram o anúncio durante relatório para o Concílio Sobre Evangelismo e Testemunho da Reunião de Primavera em 8 de abril. [foto: Ansel Oliver]

Ênfase sobre resultados, prestação de contas; pizzaria funciona também como igreja para crescente comunidade de observadores do sábado.

April 09, 2014 | Silver Spring, Maryland, United States | Elizabeth Lechleitner/ANN

Os principais líderes regionais da Igreja Adventista do Sétimo Dia ouviram informações atualizadas de evangelismo urbano e exemplos de evangelismo criativo, ontem, durante o relatório do Concílio Sobre Evangelismo e Testemunho para o Encontro de Primavera.

Durante uma apresentação liderada por Mike Ryan, um vice-presidente geral da Igreja Adventista a nível mundial, e David Trim, diretor do Escritório de Arquivos, Estatística e Pesquisa da denominação, vários presidentes de Divisão ofereceram dados atualizados sobre a iniciativa Missão às Cidades. 

Trim fez observar que há 396 pessoas por adventista a nível mundial. Essa proporção, segundo ele, salta para 547 pessoas por adventista em regiões urbanas. Algumas cidades de um milhão ou mais apresentam dados muito piores, enquanto Lusaka, Zâmbia, é um ponto brilhante, com a melhor relação de população por membro do que qualquer grande cidade em todo o mundo-- um adventista para 19 pessoas. 

Paul Ratsara, presidente da Divisão África do Sul-Oceano Índico da IASD, que supervisiona a Zâmbia, disse que os pequenos grupos são a chave para a evangelização na região. “Se não estamos atingindo as bases populares, então estamos falando entre nós mesmos”, disse ele. 

A Divisão Sul-Americana da Igreja, sob a liderança do Presidente Erton Kohler, está adotando uma abordagem similar. A meta da região é plantar uma igreja adventista em cada um dos cerca de 7.000 bairros nas grandes cidades. Atualmente, existem 2.000 igrejas adventistas estabelecidas nesses bairros.

Na Europa, a Igreja Adventista está se concentrando em Genebra. Conquanto a cidade não seja o lar de milhões, é influente aos olhos da comunidade internacional, disse Bruno Vertallier, presidente da Divisão Inter-Europeia da Igreja. Uma equipe de jovens adventistas está trabalhando em Genebra, no que Vertallier disse esperar que se torne um modelo de evangelismo para a região. O grupo já plantou uma igreja frequentada por 60 novos crentes e ex-adventistas. 

Ryan direcionou muitas das apresentações para planejamento e prestação de contas. A Igreja Adventista a nível mundial, disse ele, se comprometeu a levar a cabo um plano de evangelismo em cada cidade com população de mais de um milhão, e os resultados são obrigatórios. “Queremos acompanhar o progresso intencionalmente”, disse ele.

Blasious Ruguri, presidente da Divisão África Centro-Oriental da Igreja, contou a história de um pastor adventista na região que foi espancado por sua fé e hospitalizado. A primeira ação do homem após sua recuperação, Ruguri disse, foi visitar o homem responsável pelo ataque e perdoá-lo. O homem, em seguida, um membro do clero de outra fé, ficou tão impressionado com o espírito de reconciliação do pastor que aceitou um convite para estudar a Bíblia. Mais tarde, esse homem aceitou a fé adventista e agora dirige um ministério interconfessional em Nairobi, no Quênia, disse Ruguri.

Na Coréia, um número crescente de igrejas adventistas estão lançando restaurantes vegetarianos próximos—locais ideais para estimular conversas sobre saúde, bem-estar e, finalmente, a integridade espiritual, disse Jairong Lee, presidente da Divisão Norte da Ásia-Pacífico da IASD. 

Em outras partes da região, disse Lee, uma cadeia de pizzarias recentemente criada está funcionando como um local de encontro para os crentes adventistas. “Durante a semana, funciona como pizzaria, mas no sábado, é uma igreja”, contou ele, apontando a uma foto do restaurante principal. Os restaurantes empregam jovens adventistas e servem como centros de influência. Pelo menos 50 pessoas adoram num único local todos os sábados.

Dan Jackson, presidente da Divisão Norte-Americana da Igreja, ofereceu uma nova perspectiva sobre a Janela 10/40, uma região que abrange o Norte de África, Oriente Médio e Ásia, onde menos de 2 por cento da população é cristã. “[A Janela 10/40] acabou de se mudar para o lote vizinho”, disse Jackson, referindo-se a um influxo maciço de imigrantes e refugiados para algumas cidades americanas. Agora abrigando 90 mil refugiados, a cidade de San Diego, no sul da Califórnia, é considerada a capital mundial de refugiados, disse Jackson. 

Ali, Igreja Adventista do Sétimo Dia de Paradise Valley conta com membros de 51 nacionalidades. Embora os cultos sejam realizados em inglês, traduções de fone de ouvido e classes da Escola Sabatina estão disponíveis em árabe, laociano, tagalog, nepali, swahili, francês e espanhol. O Ministério aos Refugiados da igreja também serve comida para cerca de 500 pessoas cada semana, na igreja e através de um serviço de entrega liderado por um ex-sacerdote budista que aceitou o adventismo. Um ônibus sai de Paradise Valley todo sábado de manhã e faz parada em comunidades de refugiados locais para apanhar moradores que querem ir à igreja, mas não têm meio de transporte. 

Will James, pastor titular da igreja, contou que os refugiados muitas vezes lutam com sentimentos de isolamento e solidão. “Nossa Igreja tornou-se a comunidade amorosa e que lhes dá a atenção que eles desejam”, aduziu.

Os delegados do Concílio de Primavera também assistiram ao trailer de um filme que dramatiza a vida do teólogo evangélico Edward Fudge e desmascara equívocos sobre o caráter de Deus e o destino eterno dos incrédulos.

Administradores denominacionais de cúpula da IASD aprovaram o filme “O Inferno e o Sr. Fudge” (Produções LLT) e pediram aos líderes regionais da Igreja que distribuam DVDs do filme, promovendo exibições patrocinadas pela igreja em locais públicos, bem como compartilhem cópias com a família e amigos. 

“Esta é uma poderosa ferramenta evangelística”, disse Mark Finley, assistente especial para evangelismo para o presidente mundial da Igreja Adventista, Ted N. C. Wilson.

Outro recurso que líderes da Igreja planejam empregar para o evangelismo—especialmente em 2015—é um livro sobre saúde abrangente para evangelização, editado por Finley e pelo Dr. Peter Landless, diretor do departamento de Ministérios de Saúde da Igreja Adventista a nível mundial. “Saúde e Bem-Estar: segredos que mudarão sua vida” (Review & Herald Publishing Association) oferece maneiras simples de evitar doenças crônicas como câncer e diabetes.

Mas “os recursos sem a Fonte não são suficientes”, disse Landless, referindo-se ao componente espiritual da visão de vida integral. Com capítulos sobre temas como perdão, relacionamentos e saúde mental, o livro cobre ampla gama da vida holística.

Wilson encerrou o Concílio Sobre Evangelismo e Testemunho hoje com um apelo para a divulgação que acha sua expressão além das margens de planos e apresentações de PowerPoint. “Quero encorajar todos vocês a não apenas falar sobre evangelismo, mas participar dele”, disse Wilson. “Seja um líder visível na evangelização em sua igreja e em sua comunidade”.

Voltar para a lista