Notícias

Em meio a memória da tragédia, vamos renovar nossos esforços para compartilhar esperança

Presidente da igreja diz que 11 de Setembro é lembrete de que mundo é "campo de batalha '

Ted N. C. Wilson

Em 11 de setembro, eu estava em um comitê da Conferência Geral, quando recebi a notícia sobre o desenrolar dos acontecimentos trágicos em Nova York e Washington. Lembro-me de ter uma sensação estranha surreal que isso não estava realmente acontecendo e então um sentimento de simpatia e de profunda tristeza para os afetados. Nós, é claro, orou para os milhares de pessoas afetadas por esta tragédia.

Na década de 1970, passei cerca de sete anos servindo a igreja e as pessoas da área metropolitana de Nova York. Enquanto viver e trabalhar lá, eu aprendi a respeitar e cuidar do povo daquela região grande e forte para sua resiliência problemas desafiadores. Quando eu ouvi sobre os ataques, lembrei-me que a vida é muito frágil e que é importante que nós mantemos uma relação estreita com Cristo diariamente como compartilhar com outros a nossa esperança por um mundo melhor quando a grande controvérsia entre Cristo e Satanás está findo em breve a segunda vinda de Cristo.

Sou grato pela maneira em que a Igreja Adventista do Sétimo Dia foi capaz de assistir e ministrar a tantas pessoas em Nova York e Washington DC durante esse tempo difícil. É uma bênção que esse ministério continua nessas duas cidades importantes e em muitos outros lugares.

Esta semana marca o aniversário de 10 anos dessa tragédia. Muitos de nós têm sido mudado para sempre pela dor e sofrimento que testemunhou naquele dia, pelas histórias que ouvimos e pela nossa própria perda pessoal.

Como eu vá para a igreja 10 anos depois, vejo um grupo de crentes dedicados que são beacons da paz e justiça ao mundo ao seu redor. Eu vejo uma comunidade de fé aliviar a dor e sofrimento agora, mas apontando para uma terra nova. Juntos, nós ansiamos pelo dia em perda de vidas humanas será uma lembrança distante quando Cristo põe fim à morte, o pranto ea dor. Sua segunda vinda e então no final a nova terra Ele vai criar vai pôr fim ao sofrimento e ao pecado deste mundo, como o livro do Apocalipse nos diz.

Em 11 de setembro de 2001, fomos lembrados de que nosso mundo é um campo de batalha. Forças do bem e do mal estão em guerra ao redor de nós, e vidas inocentes são perdidas. Mas nós sabemos que a dor vai acabar. Nossa esperança está em nosso amor por Deus e Salvador, que compartilha nossa dor e tem a solução para os problemas que enfrentamos. Que privilégio para ler sobre seu plano de salvação na Bíblia, a Palavra oficial de Deus.

Seja qual for a batalha - e não desanime se parecer que o mal parece ganhar a vantagem para o momento - lembremo-nos que no final Deus "vai engolir a morte de todos os tempos, eo Senhor Deus enxugará as lágrimas longe de todos os rostos "(Isaías 25:8).

Minha esperança é que vamos continuar a ser uma igreja que une em mostrar o amor de Deus aos amigos e vizinhos, nos momentos de alegria, bem como a adversidade. É minha esperança que, em meio a memória da tragédia, estamos compartilhando uma mensagem de esperança como estamos ansiosos para o retorno de Cristo em breve.

Vamos todos ser incentivada e consolados em acreditar que Deus disse em Jeremias 29:11: "Porque eu sei os planos que tenho para vocês, planos de fazê-los prosperar e não para prejudicá-lo, pretende dar-lhe esperança e um futuro." Vamos renovar nossos esforços pessoais e da igreja para compartilhar esta esperança com os outros em palavras e serviço cristão para a glória de Deus.

- Ted NC Wilson é presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Voltar para a lista