Adventist News Network®

The official news service of the Seventh-day Adventist world church

Oficiais adventistas emitem declaração sobre a recente eleição de presidente de uma Associação local

Oficiais adventistas emitem declaração sobre a recente eleição de presidente de uma Associação local

The Seventh-day Adventist world church headquarters is located in Silver Spring, Maryland, United States.

Magnifying Glass View Larger

Oficiais a nível mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia emitiram hoje uma declaração sobre uma Associação local que recentemente elegeu como presidente uma pessoa não reconhecida pela Igreja como um ministro ordenado. A ordenação é um dos critérios para ser presidente de Associação. A seguir, o comunicado, na íntegra:

Avançando Juntos

Uma resposta da Associação Geral a ações recentes na América do Norte

A Igreja Adventista do Sétimo Dia tem sido chamada por Deus como uma voz urgente do tempo do fim para proclamar o amor de Deus e a mensagem dos últimos tempos para o mundo. Ele nos comissionou a proclamar as mensagens dos três anjos de Apocalipse 14:6-12 para as pessoas de todo o mundo que desesperadamente estão à procura de esperança. A mensagem e missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia é única e enviada dos céus. Nossa prioridade como Igreja é nós próprios conhecermos a Jesus e compartilhar Sua mensagem de redenção. Nada deve entravar o caminho dessa proclamação ao nos unirmos para alcançar cada "nação, tribo, língua e povo" com o "evangelho eterno".

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é uma comunidade de crentes unidos por um compromisso comum a Cristo, às verdades da Bíblia, a uma organização eclesiástica mundial e a uma missão para o mundo. Cada um desses elementos é de vital importância para a preservação da unidade da Igreja e para prevenir sua divisão. A Igreja Adventista do Sétimo Dia não é organizada como um conjunto de unidades independentes. Apesar de cada Associação/Missão, União e Associação Geral (que inclui as Divisões) ter seus próprios eleitores, eles também estão unidos por compromissos comuns, confiança mútua e praxes em comum acordo. A Igreja, corpo de Cristo, é inter-relacionada. Ações que afetam uma parte do corpo afeta o todo. O apóstolo Paulo o afirmou de forma sucinta com estas palavras: “Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também” (1 Coríntios 12:12).

As Praxes Operacionais, que registram nossos acordos sobre a forma como vamos trabalhar juntos para realizar o trabalho e missão do Senhor, servem como um dos agentes unificadores de práticas que o Espírito Santo usa para a unidade da Igreja. As praxes não são inflexíveis, podendo ser mudadas, mas refletem a compreensão do coletivo, sob a orientação do Espírito Santo. Quando convicções pessoais são colocadas à frente de decisões políticas coletivas da Igreja em todo o mundo, precedentes preocupantes se manifestam. Deus trabalha de uma maneira ordenada e deseja que a Sua Igreja exemplifique este comportamento santificado pelo poder do Espírito Santo. Humildade e submissão a Deus para o bem do corpo da Igreja, conforme descrito na Palavra de Deus e no Espírito de Profecia, são princípios bíblicos fundamentais para o benefício da Igreja. 

No Concílio Anual de 2012, numa medida votada, intitulada "Declaração Denominacional Sobre Política, Procedimentos e Resolução de Divergências à Luz de Recentes Ações de União Sobre a Ordenação Ministerial”, a Igreja a nível mundial indicou vigorosamente que não reconhece como ministros ordenados indivíduos que não atendam aos critérios descritos nas praxes administrativas. Preocupa profundamente a liderança mundial da Igreja o fato de que recentemente um eleitorado de Associação local elegeu como presidente de Associação um indivíduo que não é reconhecido pela Igreja a nível mundial como ministro ordenado. A ordenação para o ministério é um dos critérios estabelecidos para ser presidente de uma associação. A Administração da Associação Geral está trabalhando com a administração da Divisão Norte-Americana sobre como lidar com as implicações dessa ação de associação local, no que contraria o que se votou no Concílio Anual de 2012.

A Igreja a nível mundial está atualmente atuando unidamente numa Comissão de Estudo da Teologia da Ordenação com a participação de todas as Divisões para se entender melhor as funções da ordenação, bem como o papel das mulheres em relação à ordenação ao ministério evangélico. Um cuidadoso processo está em operação e relatórios serão encaminhados ao Concílio Anual de 2014, na expectativa de que o assunto siga para a Assembleia da Associação Geral de 2015 para decisão, sob a guia do Espírito Santo.

Temos toda a confiança na direção do Senhor de Sua preciosa igreja remanescente. Pela graça de Deus e através da orientação do Espírito Santo, a Igreja irá encontrar o seu caminho em meio a este tempo desafiador, à medida que avançamos com a mensagem e missão originalmente confiada ao movimento adventista do sétimo dia. É plano de Deus que proclamemos Sua verdade profética do tempo do fim por todos os cantos do mundo e, especialmente, pelos enormes centros metropolitanos do mundo através da "Missão para as Cidades", utilizando todas as formas de evangelismo urbano abrangente, inclusive o ministério da saúde integral e muitos outros métodos. Pedimos a todos os membros e líderes da Igreja para orarem para que o Espírito Santo nos una a fim de cumprirmos a promessa de Cristo de que "este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim”. (Mateus 24:14). Unidos no amor de Cristo, ligados a uma mensagem bíblica comum por meio de uma organização comum da Igreja e comprometidos uns com os outros em respeito mútuo e confiança através do poder do Espírito Santo estamos confiantes de que esta Igreja triunfará finalmente e proclamará a eterna mensagem da verdade de Cristo até os confins da Terra, em antecipação à breve segunda vinda de Jesus.

-- Os Oficiais Executivos da Associação Geral