Adventist News Network®

The official news service of the Seventh-day Adventist world church

Igreja demolida, adventistas ameaçados de exílio

Igreja demolida, adventistas ameaçados de exílio

Prédio da igreja em Anuta Island que está sendo demolido. [foto de cortesia da Divisão do Pacífico Sul]

Magnifying Glass View Larger

Um novo edifício da Igreja Adventista nas Ilhas Salomão foi demolido por moradores irritados e a pequena congregação tendo ordens de deixar sua ilha até o final do mês.

Anuta Island é um reduto anglicano na província de Temotu numa região remota das Ilhas Salomão. O adventista local, Selwyn Faramarama, tem vindo trabalhar na ilha desde o ano passado como obreiro bíblico financiado por Voluntários em Ação (VIA) e apoiado pela Missão das Ilhas Salomão (SIM) da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Três pessoas foram batizadas e Faramarama vem estudando a Bíblia com mais cinco pessoas em preparação para o batismo.

O novo edifício da igreja foi erguido em acordo do proprietário adventista do terreno, mas não, de acordo com o jornal “Solomon Star”, com a permissão das autoridades locais.

“Eu sou filho do chefe principal”, disse Putanakipenu Arikifaka para o “Solomon Star”. “Embora a adoração seja uma liberdade na ilha, o que os adventistas estão fazendo não é aceitável para o nosso principal sistema. . . . Nós lhes dissemos que podem ir em frente com o seu culto em suas próprias casas, mas não construir uma igreja na ilha”.

De acordo com o Pr. Irving Vagha, que ocupa as posições de Serviços de Voluntariado Adventista e Missão Global para a SIM, o sacerdote anglicano de Anuta, juntamente com um grande grupo de apoidores, demoliram a igreja. Selwyn Faramarama está agora na capital, Honiara, onde busca  aconselhamento e apoio da SIM. Os líderes da Igreja têm estado decepcionados com os relatos da mídia de que os adventistas de Anuta já tiveram ordem para deixar a  sua ilha.

“Estamos os expulsando da ilha,” disse o Sr. Arikifaka para o “Solomon Star”. “Eles devem ouvir-nos, enquanto vivem na ilha. Temos nossas próprias leis. Nós só damos ouvidos aos nossos chefes. Nós nem mesmo reconhecemos o governo . . . estamos pedindo a todos os membros adventistas que vivem na Ilha . . . para saírem por meio de qualquer meio de transporte disponível que chegar à ilha este mês”.

O presidente da SIM, Pr. George Fafale, está participando de reuniões regionais da Igreja em Fiji esta semana, mas vai procurar ter reuniões urgentes com o Conselho das Igrejas das Ilhas Salomão e líderes nacionais anglicanos quando de seu retorno.

O Sr. Faramarama está ansioso por voltar para Anuta para buscar a reconciliação. Ele planeja recolher doações de arroz e outros alimentos de adventistas em Honiara e distribuí-los ao chefe de Anuta e outros ilhéus que estão sofrendo escassez de alimentos após suas colheitas terem sido danificadas pelo ciclone Pam em março.

“Enviamos uma mensagem a todos os nossos pastores sobre isso e estamos orando”, disse o Pr. Vagha. “Por favor, peço para que todos orem”.