Adventist News Network®

The official news service of the Seventh-day Adventist world church

LÍDERES ADVENTISTAS CHAMAM O ASSASSINATO NUMA IGREJA DA NORMANDIA DE “BARBÁRIE NUM LUGAR DE CULTO”

Líderes adventistas do sétimo dia na França expressaram solidariedade e compaixão em vista da morte brutal do padre Jacques Hamel.

LÍDERES ADVENTISTAS CHAMAM O ASSASSINATO NUMA IGREJA DA NORMANDIA DE “BARBÁRIE NUM LUGAR DE CULTO”

Líderes adventistas do sétimo dia na França expressaram solidariedade e compaixão em vista da morte brutal do padre Jacques Hamel.


Um sacerdote católico foi morto e outra pessoa gravemente ferida quando dois membros de um grupo extremista islâmico invadiram a igreja de Saint-Etienne du Rouvray na Normandia, França, em 26 de julho Os assaltantes cortaram a garganta do padre Jacques Hamel, que tinha 85 anos. 

Em resposta, a União das Federações da Igreja Adventista na França (UFA) emitiu a seguinte declaração: 

“Diante de tal barbárie num lugar de culto, a Igreja Adventista do Sétimo Dia na França deseja expressar solidariedade e compaixão. 

Quando uma Igreja (Católica) é profanada,  os crentes é que sofrem. Igrejas e lugares de culto são espaços de paz, oração, compartilhamento e refúgio.

Esta escalada de brutalidade e crimes hediondos cometidos por seres humanos contra outro ser humano é injustificável.

Apesar de todos os sentimentos legítimos de tristeza e revolta, devemos sempre continuar a lutar contra o mal com o bem e agir pela paz. Oramos para que Deus mude os nossos corações e mentes.

A Igreja Adventista incentiva seus membros a respeitarem a dignidade de todos os homens, de acordo com o evangelho de Jesus Cristo”.