Adventist News Network®

The official news service of the Seventh-day Adventist world church

JOVEM ADVENTISTA É HOMENAGEADA PELA COMUNIDADE BRITÂNICA PELA LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÊNERO EM PAPUA NOVA GUINÉ

Jacqueline Joseph usa esportes para educar os jovens sobre relacionamentos saudáveis.

JOVEM ADVENTISTA É HOMENAGEADA PELA COMUNIDADE BRITÂNICA PELA LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÊNERO EM PAPUA NOVA GUINÉ

O trabalho de Jacqueline Joseph com o Equal Playing Field lhe valeu a distinção dos vencedores do prêmio Commonwealth Youth Awards for Excellence in Development Work [Prêmio em Excelência de Jovem em Obra de Desenvolvimento da Comunidade Britânica] da Região do Pacífico Sul de 2017. [Foto cedida pelo Australian Adventist Record]

Jacqueline Joseph usa esportes para educar os jovens sobre relacionamentos saudáveis.


Pelo segundo ano consecutivo, um adventista do sétimo dia foi anunciado como vencedor para a região do Pacífico Sul Prêmio em Excelência de Jovem em Obra de Desenvolvimento da Comunidade Britânica

Jacqueline Joseph, diretora e co-fundadora da Equal Playing Field, uma organização liderada por jovens em Papua Nova Guiné (PNG), que utiliza atividades esportivas como ferramenta para acabar com a violência de gênero, recebeu o prêmio em março, quando voou para Londres, Inglaterra, para uma cerimônia especial. 

O prêmio anual reconhece jovens líderes com menos de 30 anos que demonstraram iniciativa na liderança de projetos que contribuirão para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável—um conjunto de 17 metas globais que os governos se comprometeram a alcançar até 2030. Selecionada dentre mais de 200 indicações, Joseph esteve entre os 17 finalistas escolhidos das 52 nações da Commonwealth [Comunidade Britânica] para o prêmio anual. 

“Receber este prêmio é uma grande honra, pois reconhece o trabalho árduo e dedicação de todas as pessoas que estiveram envolvidas no Equal Playing Field (EPF) e, mais importante, a fidelidade e liderança de Deus”, disse Joseph, membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia Memorial Vai, em Port Moresby. “Sinto-me privilegiada em representar a região do Pacífico e quero reconhecer os muitos outros jovens ao redor do mundo que lideram iniciativas que estão trazendo mudanças positivas. A mudança social nunca acontece isoladamente”. 

Em 15 de março, a Secretária-Geral da Commonwealth, Patricia Scotland, apresentou os quatro finalistas regionais com seus prêmios e os elogiou pelos seus esforços em cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

“Com nossos prêmios da juventude da Comunidade Britânica honramos os indivíduos excepcionais cujo sentido prático de propósito é edificador, e cuja a paixão nos inspira”, disse. “Incentivo qualquer um que pensa que não pode fazer a diferença a seguir o exemplo destes líderes da juventude que estão trabalhando em maneiras imaginativas para tornar nosso mundo mais seguro e nossas sociedades mais justas e mais inclusivas”. 

A dedicação e a liderança de Joseph na EPF permitiram que a organização crescesse como um movimento de mudança para os jovens e pelos próprios jovens. A organização está inspirando muitos em PNG a abordar a questão da violência baseada no gênero, e dando aos funcionários e voluntários um renovado sentimento de esperança de que, juntos, a mudança seja possível. 

Estima-se que dois terços das mulheres em PNG tenham experiência de violência doméstica. A Human Rights Watch [Vigilância de Direitos Humanos] diz que PNG “é um dos lugares mais perigosos do mundo para ser mulher”. 

Desde a criação do EPF em 2011, Joseph ajudou a criar programas escolares para ensinar milhares de jovens em Port Moresby e Bougainville sobre relacionamentos respeitosos e saudáveis. 

“Esses programas de oito semanas para jovens de 13 a 15 anos fomentaram discussões francas e abertas e revelaram-se um modelo eficaz de trabalho com jovens para prevenir a violência contra mulheres e crianças”, disse Joseph. “Mas o mais importante é que vimos como as atitudes e comportamentos que permitem que a violência contra mulheres e meninas ocorram, estão mudando e contribuindo para a construção de comunidades mais fortes, mais seguras e mais felizes em PNG. Pela primeira vez, vejo crianças em idade precoce começar a questionar e desafiar as normas sociais sobre o valor das mulheres. Pela primeira vez, vejo uma ênfase no respeito nas relações”. 

Joseph também acredita que a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem a responsabilidade de ajudar a educar os jovens sobre relacionamentos saudáveis e comportamento não-discriminatório. “Queremos diálogos sobre a prevenção da violência baseada no gênero e criar relacionamentos respeitosos e saudáveis para continuar. E como cristãos, acredito que temos um papel importante a desempenhar em fazer mais para mudar atitudes em relação às desigualdades de gênero”, continuou Joseph. “Estamos bem posicionados através de nossos sistemas de educação e saúde e espero que possamos liderar ainda mais discussões sobre relacionamentos saudáveis e prevenir e combater as desigualdades de gênero em nossas comunidades”. 

Quer seja através da EPF, da sua igreja ou da comunidade local, Joseph tem uma visão para conseguir uma mudança duradoura em PNG e mais além. Em 2016, ela  também foi reconhecida pela Fundação Internacional da Juventude na Costa Rica e mais tarde premiada na categoria Jovens Realizadores dos Prêmios de Mulheres de Destaque (WOW) em PNG por seu trabalho em liderança e contribuição para a sua comunidade. 

Embora suas realizações a tenham levado a muitos lugares, Joseph é rápida em louvar a Deus por sua orientação contínua. “Tenho descoberto quão crítico é viver em Sua presença todos os dias, porque Ele realmente é a força e a vitória que o mundo está procurando”.