Adventist News Network®

The official news service of the Seventh-day Adventist world church

ADVENTISTAS IMPULSIONARÃO ENSINO DA CRIAÇÃO NA ANTIGA UNIÃO SOVIÉTICA

Um dos principais cientistas russos diz nas reuniões de final de ano da Divisão Euroasiática que a Igreja enfrenta um desafio.

ADVENTISTAS IMPULSIONARÃO ENSINO DA CRIAÇÃO NA ANTIGA UNIÃO SOVIÉTICA

Pessoas escalam as Montanhas Urais da Rússia, que poderiam ser o destino de uma viagem de campo organizada pela Divisão Euroasiática. [Crédito da foto: Pixabay]

Magnifying Glass View Larger

Um dos principais cientistas russos diz nas reuniões de final de ano da Divisão Euroasiática que a Igreja enfrenta um desafio.


Líderes adventistas do sétimo dia concordaram em intensificar os ensinos da Igreja sobre o relato bíblico da Criação em todo o território condicionado pela tese da evolução da antiga União Soviética, alguns dias antes das igrejas locais se unirem a igrejas em todo o mundo para celebrar o Sábado da Criação. 

O presidente da Igreja Adventista, Ted N.C. Wilson, falando nas reuniões de fim de ano da sede da Divisão Euroasiática em Moscou, lembrou aos líderes das igrejas locais que a semana da criação de sete dias está no cerne da missão da Igreja. 

“Se você tirar a Criação, tira quase tudo o que acreditamos como adventistas do sétimo dia”, disse. Ele fez notar que a Criação está intimamente entrelaçada com o sábado do sétimo dia, a origem do pecado, o plano da redenção e a segunda vinda de Jesus. 

“Se na evolução estamos nos tornando melhores, então por que precisamos da salvação?”, Disse Wilson. “Se o mundo está se tornando melhor, então por que precisamos de Jesus?” 

Os membros da Comissão de Educação da Divisão Euroasiática votaram em 24 de outubro criar um novo cargo para promover a Criação através de seminários, filmes, livros e artigos, viagens de campo e o Sábado de Criação anual da Igreja Adventista, que caiu em 28 de outubro deste ano .

Apoio Através de Viagens de Campo

Os líderes adventistas da Igreja a nível mundial colocaram uma crescente ênfase na Criação, já que as teorias evolucionistas penetraram algumas escolas administradas pela Igreja. Para apoiar os adventistas na frente do debate sobre a evolução, a Igreja organizou uma série de conferências de fé e ciência, incluindo uma reunião de 2014 que reuniu vários educadores, cientistas e pastores de todo o mundo para o Grand Canyon nos Estados Unidos .

Várias Divisões da Igreja organizaram viagens de campo próprias. Em 2016, a Divisão Sulamericana levou educadores locais, cientistas e pastores para o local de nascimento da evolução, as Ilhas Galápagos, enquanto a Divisão Transeuropeia liderou um grupo para a Islândia. A Divisão Interamericana e a Divisão Norteamericana organizaram viagens de campo em 2017, enquanto a Divisão do Sul da Ásia e a Divisão África Centro-Oriental estão planejando viagens em 2018, disse L. James Gibson, diretor do Instituto de Pesquisa de Geosciências, uma força motriz por detrás dos esforços de evangelização da Igreja Adventista globalmente. 

A Divisão Euroasiática poderia organizar uma viagem de campo aos Montes Urais russos em 2019 ou 2020, disse o presidente da Divisão, Michael Kaminskiy. “Assim que tivermos alguém apropriado, vamos convidá-lo para as Montanhas Urais, que tem evidência do Dilúvio, para uma viagem de campo especial”, disse ele à Comissão de Educação.

Grande Desafio na Rússia

A Igreja enfrenta um sério desafio na Divisão Euroasiática, que tem apenas 111.500 membros numa população de 322 milhões de pessoas, disse Alexei Popov, representante da Divisão Euroasiática na Comissão do Instituto de Pesquisas de Geociências. O ateísmo foi uma política estatal oficial em toda a União Soviética por 70 anos, e muitos cristãos ortodoxos, o grupo de fé majoritário no território de hoje, aceitam a evolução teísta, que afirma que cada dia da Criação durou milhões de anos.

“Este é um grande problema na Divisão Euroasiática”, disse Popov, que trabalha como físico no Instituto de Física de Alta Energia do país em Protvino, uma cidade localizada a 80 quilômetros ao sul de Moscou.

Ele tratou com a Comissão de Educação sobre a necessidade de seminários da Criação regular em igrejas, a tradução de filmes de televisão e de vídeo relacionados para a língua russa e a distribuição de livros e artigos on-line e impressos. 

Ele e Wilson louvaram a oportunidade que o Sábado da Criação oferece para celebrar a Deus como Criador e para aumentar a conscientização sobre os ensinamentos da Bíblia. 

Wilson encorajou os líderes da Divisão a avançarem com os seus planos. “Cada um de vocês como líderes . . . carrega um fardo para este trabalho especial”, disse ele. “Não é apenas para Geociências ou o presidente da Divisão ou a Comissão de Educação. Este é o cerne da nossa crença. Então, eu designo todos vocês a serem pesquisadores de Geociências. Sustentem as mãos de nossos profissionais científicos e outros, porque estamos juntos nisso “.

Visite o site do Instituto de Pesquisas de Geociências da Igreja Adventista.